Terça-feira, 8 de Janeiro de 2008

Manuel Maria Barbosa du Bocage



   Poeta de sensações evadidas de um sentimento fausto da deliberada consequência dos prazeres da vida, um fauno, incubo que nos seduzes pelas tuas letras penetrantes, em Setúbal te aguardamos, ó eterno pecador!, todosemsetubal2008




Magro, de olhos azuis, carão moreno,
Bem servido de pés, meão na altura,
Triste de facha, o mesmo de figura,
Nariz alto no meio, e não pequeno;
 
Incapaz de assistir num só terreno,
Mais propenso ao furor do que à ternura;
Bebendo em níveas mãos, por taça escura,
De zelos infernais letal veneno;
 
Devoto incensador de mil deidades
(Digo, de moças mil) num só momento,
E somente no altar amando os frades,
 
Eis Bocage em quem luz algum talento;
Saíram dele mesmo estas verdades,
Num dia em que se achou mais pachorrento.


imagem e poema retirados de :  atelier.hanover.2000  


sinto-me: Artista
música: Clemenza di Tito - Mozart Cantatto per Luiza Todi
publicado por todosemsetubal2008 às 11:24
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Plano de acessibilidades ...

. Novidades e Ponto de Situ...

. Portugal conquista 21 Me...

. Paralímpicos de Pequim 20...

. O que fizémos e faremos

. Salvador Mendes de Almeid...

. Salvador na nossa Escola

. Estudante da Escola Super...

. Conselho à visualização d...

. Todos Em Setubal 2008 em ...

.arquivos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007


Website Counter

.links

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds